Blog

Caneca

.

.
1027
21/03/2019
1

Quem está no dia a dia do mundo corporativo já deve ter ouvido falar em profissionais C-level. Mas você sabe exatamente o que significa este termo? E o mais importante de tudo, o que precisa fazer para se tornar um profissional deste nível?

Os cargos C-level são aqueles postos mais altos na carreira executiva. Eles são denominados desta maneira porque são caracterizados por siglas em inglês que começam com a letra C, de Chief.

O mais conhecido aqui no Brasil é o CEO (Chief Executive Officer), que equivale ao diretor presidente da empresa. Ainda existem vários outros como:
CFO (Chief Financial Officer) – Diretor de Finanças
CIO (Chief Information Officer) – Diretor de TI
CTO (Chief Technology Officer) – Diretor de Tecnologia
CHRO (Chief Human Resources Officer) – Diretor de Recursos Humanos
COO (Chief Operating Officer) – Diretor de Operações
CSO (Chief Security Officer) – Diretor de Segurança
CMO (Chief Marketing Officer) – Diretor de Marketing

Estes títulos C-level são usados para descrever cargos do topo da carreira corporativa, por isso, em geral, são ocupados por profissionais com uma formação sólida e uma ampla experiência em suas áreas de atuação.

Há alguns anos, o mais comum era que essas posições fossem ocupadas por pessoas que começavam na empresa em níveis mais iniciais e escalavam os cargos até chegar aos mais altos. No entanto, hoje esse movimento também ocorre muito de maneira lateral, com executivos que trocam de organizações já em níveis mais elevados na hierarquia corporativa.

O perfil do C-level

É claro que existem diferentes perfis pessoais nos profissionais deste nível. Mas algumas qualidades específicas podem ser relacionadas na maioria deles.

– Altos executivos são reconhecidos pelo seu amplo conhecimento e experiência em seus campos. São pessoas que buscam atualização constante e que podem compartilhar o saber já adquirido.

– Tem capacidade de liderança, para obter o melhor de suas equipes. Isto significa conseguir alinhar diversos estilos de trabalho, personalidades diferentes, para conquistar interações produtivas em uma equipe.

– Precisam ter uma visão global. Não basta mais somente entender do próprio segmento. É preciso estar atento aos desafios globais, e saber também sobre situações políticas, econômicas e jurídicas de outros países que podem impactar nos negócios.

– São executivos com visão de dono e solucionadores de problemas, são os responsáveis pelos resultados das empresas.

Como conseguir chegar lá

1- Aprendizado constante
Como estes profissionais C-level representam o topo da carreira, para chegar lá, sem dúvida, é preciso muito preparo e dedicação constante. Aprender sempre é fundamental. Não pode-se pensar que só porque já se conquistou um determinado nível é hora de relaxar. É importante manter o aprendizado e uma reciclagem contínua para conseguir subir ainda mais. Quem chega lá, é porque batalhou muito pra isso.

2- Visão abrangente do negócio
Procure cursos na sua área, e outros também que complementem suas habilidades. Por exemplo, se você é de Marketing e Vendas, que tal investir em algo relacionado com Finanças, para ampliar os horizontes? Isto tudo vai trazendo uma visão mais completa do negócio, e criando uma bagagem para torná-lo o candidato ideal para uma futura posição C-level.

3 – Capacidade de assumir desafios
Mostre-se capaz de assumir desafios. Quem fica acomodado em sua posição, dificilmente vai ser lembrado para um cargo mais alto. É preciso ser proativo, ter entusiasmo e energia para resolver situações e trazer resultados.

4 – Networking eficiente
Mantenha um networking eficiente, principalmente com pessoas com cargos acima do seu e profissionais que você admira. Este contato mais constante, para que conheçam você e os resultados de seu trabalho pode render possibilidades de vagas para posições mais altas em outras empresas.

Compartilhe

Confira nossas vagas: Acesse o link! Leia mais

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Clique em "Minhas opções" para gerenciar suas preferências de cookies.

Minhas Opções Aceito

Quem pode usar seus cookies?

×

Cookies necessários

São essenciais pois garantem o funcionamento correto do próprio sistema de gestão de cookies e de áreas de acesso restrito do site. Esse é o nível mais básico e não pode ser desativado. Exemplos: acesso restrito a clientes e gestão de cookies.

Cookies para um bom funcionamento (1)

São utilizados para dimensionar o volume de acessos que temos, para que possamos avaliar o funcionamento do site e de sua navegação. Exemplo: Google Analytics.mais detalhes ›

Google Tag Manager

Cookies para uma melhor experiência (1)

São utilizados para oferecer a você melhores produtos e serviços. Exemplos: Google Tag Manager, Pixel do Facebook, Google Ads.mais detalhes ›

Shareaholic